quarta-feira, 1 de novembro de 2017

A REFORMA E OS MILAGRES - ELES, SOMENTE, NÃO PROVAM A VERDADE

A REFORMA E OS MILAGRES – ELES, SOMENTE,  NÃO PROVAM A VERDADE

Em 31 de outubro de 2017 completa-se 500 anos da Reforma Protestante, que se iniciou sob a ação do monge católico Martinho Lutero.

Um dos Pilares da Reforma protestante era Sola Scriptura, ou seja, “somente a Escritura”.
Mas o que o monge Lutero queria dizer com essa frase?

1)      Ele quis dizer que não haveria nenhuma autoridade para o cristão maior do que a Bíblia. Para ele o Papa não era maior do que a Bíblia.
2)      Para ele, somente a Bíblia santifica o homem (Salmo 119.9). Somente a Bíblia é o guia para a salvação da humanidade. A Igreja Católica não tinha poder de salvar o homem.
3)      De acordo com Lutero, todo e qualquer ensinamento, na e para a igreja, deveria ser profundamente enraizado nas Escrituras e não nos dogmas papais.
Milagres que não são coerentes com os ensinos
das Escrituras Sagradas devem ser rejeitados.
4)      Para Lutero, a Bíblia vale mais do que qualquer milagre. É atribuída a ele a seguinte frase: “qualquer ensinamento que não se enquadre na Bíblia deve ser rejeitado mesmo que faça chover milagres todos os dias.” Essa afirmação é muito importante para os dias de hoje, época na qual as pessoas são direcionadas por milagres e milagreiros.



UM CRISTIANISMO DO “RE TE TÉ”

Vivemos, atualmente, um cristianismo do “oba, oba”, do “re te té.” Qualquer evangelista que prometa milagre é facilmente seguido. As igrejas dos “milagres” criam “ruas do sal grosso”, vendem “travesseiros ungidos”, “águas consagradas”, amuletos que, de acordo com elas, produzirão milagres. Eu chamo isso de “ESPIRITISMO EVANGÉLICO”, isso mesmo.

E ACONTECE MILAGRES NESSAS IGREJAS?

Sim. Infelizmente. O diabo age para que as pessoas fiquem longe da Palavra de Deus, não descubram as verdades das Escrituras Sagradas, e por isso ele opera milagres para distrair as pessoas levando-as, dessa maneira, para longe de Deus e de sua verdade. 

MILAGRES, SOMENTE, NÃO PROVAM A VERDADE

Ao rejeitar milagres como critério para provar a veracidade de um ensinamento, Lutero foi coerente com a Bíblia, que, em várias passagens deixam claro que não devemos ser influenciados, somente, pelo sobrenatural, como veremos:
1)      De acordo com Mt. 7.21-23, é possível que pessoas que praticam o pecado, no Cristianismo, usem a bíblia e produzam milagres. Porém elas serão rejeitadas por Deus no julgamento.
2)      Em 2 Co. 11. 14,15 encontramos a informação que satanás se transforma em “anjo de luz” e seus pregadores se disfarçam em “ministros de justiça”, ou seja, falam a verdade, praticam o bem.
3)      1 Jo. 4.1 nos recomenda a provarmos os espíritos para sabermos se são de Deus. João sabia que nem toda influencia espiritual era de origem divina.
4)      Moisés operou milagres da parte de Deus diante de Faraó, e os magos do Egito também operaram milagres, mas da parte de Satanás.

Diante das informações acima, fica claro que Lutero tinha total razão ao rejeitar os ensinos milagrosos que não se enquadrassem nas Escrituras. Ele sabia que milagres não são critérios para a verdade, nem provam a santidade divina.

O QUE FAZER?

Muitos podem perguntar: Mas o que fazer diante de um milagre? Como discernir se é ou não de Deus?

Discernir se um milagre é divino ou não é tarefa difícil para a maioria das pessoas pois lhes faltam conhecimento bíblico, preparo bíblico-teológico. Mesmo quem conhece a Bíblia pode ter dificuldades para fazer esta análise pois o diabo é astuto, perspicaz, inteligentíssimo, além de ser um ser espiritual.
Porém, há vários princípios que nos ajudam a discernir se um milagre, ou uma ação sobrenatural é ou não da parte de Deus.

1)      O Dom de “discernimento de espírito” – Esse é, ao meu ver, um dom que todos os líderes evangélicos deveriam ter. Atualmente a mentira está pintada com “cores” da verdade. Somente através deste dom é possível discernir, racionalmente, a verdadeira natureza por traz de uma ação espiritual.
2)      A BÍBLIA COMO REGRA -  Toda e qualquer ação espiritual, sobrenatural, deve passar pelo crivo da Bíblia. Isso requer profundo conhecimento bíblico e familiaridade das regras da hermenêutica e exegese.
3)      PELO FRUTO CONHECEREIS A ÁRVORE” – (Mt.7.16) – Às vezes é preciso dar tempo ao tempo para que o fruto se evidencie. Isso leva tempo. Por isso, e melhor ação, nesse contexto, é fugir da impulsividade, da análise apressada. Um líder cristão sábio deve ter paciência para não errar na análise pois ele pode referendar algo errado como se fosse de Deus, e pode, também, rejeitar algo de Deus achando que é do diabo.

UM PARENTESE

Precisamos entender que há o Espírito de Deus, o espírito satânico e o espírito humano. Nem tudo que não é de  Deus é do diabo. Pode ser humano. Condenar o humano como se fosse satânico é injustiça, é anular a humanidade.
É preciso que julguemos o humano como humano e o satânico como diabólico. Mais uma vez repito: Isso requer princípios de sabedoria, ações específicas. (falarei sobre isso no meu livro: “Decifrando os segredos da Verdade.”)

4)      O FRUTO DO ESPÍRITO E AS VIRTUDES DA ÉTICA -  É preciso que usemos o fruto do Espírito Santo e as virtudes da Ética como critérios para analisarmos se um milagre é ou não de Deus. Destaco aqui: Paciência, fidelidade, verdade, humildade, temperança, etc.
5)      NÃO SEGUIR AS EMOÇÕES E AS SENSAÇÕES -  Não é porque a pessoa se alegrou, se sentiu bem, que o fenômeno foi de Deus. Bandidos se sentem bem quando obtêm o fruto de suas ações criminosas. Há drogas que produzem boas sensações. Assim, as emoções e o “sentir” não servem para provar se algo é ou não de Deus.

Como podemos perceber, não é tão simples analisar se um milagre é ou não de Deus, porém, para fins práticos, concluo que:

1)      As igrejas que prestigiam os milagres em seus cultos mais do que a Palavra de Deus fogem dos objetivos bíblicos para os cristãos.
2)      Igrejas que valorizam o ter mais o que o ser não estão fazendo a vontade De Deus revelada para a sua igreja no Novo Testamento.
3)      Igrejas que são centralizadas em um homem, um profeta, um “pop star”, um “apóstolo”, não ajudam os crentes a se aproximarem de Cristo e de sua Palavra.
4)      Movimentos que valorizam os “fenômenos sobrenaturais” e os “espetáculos” em seus cultos lutam para segurar os fieis e não para levar as pessoas a Cristo. Isso também é fugir da Palavra de Deus.
5)  O milagre de Deus  não atrai a atenção para um homem. Se as pessoas fazem fila para receber o milagre de uma pessoa, a atenção delas está voltada para a pessoa e não para a Bíblia. Geralmente, a maioria desses "milagreiros" não exigem que as pessoas aprendam da Bíblia. Eles nem seque usam a Bíblia como base de seus ensinos. Por quê? Por que não creem nela? Têm medo de serem desmascarados?
6)    Qualquer milagre que não produza humildade, santidade, amor pela Palavra, etc., deve ser rejeitado por mais espetacular que ele seja.

João Moreno de Souza Filho.
Evangelista, professor e escritor.
Contatos para palestras e seminários:
Zap: (19) 9 8870-0405.
E-mail: jmorenofilho@yahoo.com.br




domingo, 22 de outubro de 2017

CEM ANOS DE HISTÓRIA, CEM ANOS DE VITÓRIA

Um a um eles foram chegando. Era um, depois dois, três, dezenas, centenas, e quando se deram conta chegaram mais de 1.400  ônibus de todas as cidades pernambucanas à Arena Pernambuco.
Mas que público cada ônibus levava? O que haveria na Arena Pernambuco?
Os ônibus levavam a “NAÇÃO ASSEMBLEIANA”, membros das Assembleias de Deus que foram comemorar “A ABERTURA DO CENTENÁRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM PERNAMBUCO.
Logo da AD em Pernambuco formado por milhares
de jovens assembleianos.
Essa comemoração aconteceu no dia 21 de outubro de 2017, e pode ser considerada o maior evento em público e o melhor em organização realizado na Arena de Pernambuco, fatos esses confirmados pela direção da arena.

QUEM VIVE? CRISTO! E AO SEU NOME... GLORIAAA!

Os primeiros fieis chegaram por volta das 7:00hs da manhã, eram os componentes do coral e da orquestra que esperaram, pacientemente, até às 13:30 hs, momento do início do pré-culto da abertura liderado pelo pastor Ailton Junior, vice-presidente da igreja.
Neste horário já havia mais de 30.000 pessoas no estádio que em coro responderam às perguntas do pastor Ailton Junior: “Quem vive?” O público, em coro respondeu: “Cristoooo!”. O pastor Ailton continuou: “E ao seu nomeeee...”, e igreja em coro respondeu: “Glóriaaaa.”
A partir deste momento houve uma sucessão de louvores. Foram mais de 35 participações de cantores. Um momento especial  se deu quando um dos cantores entoou o hino do cantor Feliciano Amaral: “Eu preciso da tua amizade, não duvido que em ti há prazer...” Neste momento a igreja bradou em glória e aleluias.

“CEM ANOS DE HISTÓRIA, CEM ANOS DE VITÓRIA”

Às 18:00hs deu-se início ao culto oficial da abertura do centenário, com a presença do pastor presidente, Ailton José Alves, que já se encontrava no estádio recepcionando os convidados, e com a participação da orquestra da igreja e do grande coral composto por 2.000 componentes.
As luzes se apagaram e nos telões do estadio foi passada uma história resumida da Assembleia de Deus em Pernambuco, que foi fundada pelos missionários Joel e Signe Carlson em 24 de outubro de 1918. Pelos telões, as mais de 55.000 pessoas presentes ao estádio viram e ouviram o depoimento da irmã Rute Carlson, filha do missionário Joel Carlson, ainda viva e tem 95 anos. Ela disse que seu pai era um homem de oração, passava muito tempo do dia orando. Ao ser questionado sobre o porque orava muito, ele respondeu que o momento não era de lazer, mas de oração. 
Pastor Ailton Júnior, vice-presidente da Igreja. Liderou
com eficiência a organização do evento, e dirigiu
a abertura do centenário com sabedoria e graça.. 

COMO NÃO ENTOAR OS TEUS LOUVORES

Ainda na abertura do culto oficial, o grande coral e orquestra louvaram a Deus com o hino "como não entoar os teus louvores." Foi um momento de adoração, choro e emoção.

"O MUNDO SE CURVANDO E A IGREJA DE PÉ"

Um dos pontos altos foi quando a cantora Eliã Oliveira louvou a Deus com o hino que narra a história de Sadraque, Mesaque e Abdenego que não se curvaram diante da estátua do rei Nabucodonosor. Durante o coro: "é o mundo se curvando e a igreja de pé," todos no estádio, mais de 50.000 pessoas, se colocaram de pé, volutariamente, naturalmente, e levantaram as mãos e suas bíblias e glorificaram a Jesus Cristo, o Rei dos reis e o Senhor dos senhores.

Pastor Ailton José Alves, presidente da Assembleia de Deus
 em Pernambuco, orando pela missionária Rute Calson, filha do
 missionário Joel Carlson.
QUEM DISSE QUE OS JOVENS NÃO SERVEM A CRISTO?

Enquanto há milhões de jovens pecando, em Pernambuco centenas de milhares de jovens servem a Cristo nas Assembleias de Deus. Isso ficou provado no painel composto por 4.000 jovens que formaram a bandeira de Pernambuco.

UMA ORGANIZAÇÃO IMPECÁVEL

À frentes dos cerca de 3.000 voluntários que participaram da organização e da equipe de apoio esteve o pastor Ailton Júnior, vice-presidente da igreja. O resultado do esforço de toda equipe, desde o planejamento até a execução do trabalho na Arena Pernambuco, foi a eficiência e a organização das ações, que foram provadas desde o deslocamento dos crentes de cada igreja até o estádio e o momento da acomodação dos mais de 50.000 fieis. Todos receberam, antes de embarcar, pulseiras que indicavam o portão e o número do assento. Cada ônibus foi adesivado com identificação oficial para a entrada na Arena. Posso dizer, sem medo de errar, que não vi, em São Paulo nem nos Estados pelos quais passei nos últimos 23 anos, uma organização como a da abertura do centenário da Assembleia de Deus em Pernambuco. Tudo isso é para a glória de Deus.

O QUE ELES DISSERAM SOBRE O EVENTO?

A real eficácia de um evento é sentida, na prática, na reação de cada participante. Vejamos o que alguns deles disseram sobre a abertura do centenário da Assembleia de Deus em Pernambuco:


Diácono Marcos à esquerda e Presbítero Moisés 
Varela, à direita. 
Irmão Marcos, diácono da igreja:  “estou muito feliz por Deus me proporcionar estar na abertura do centenário. É algo indescritível.”

Presbítero Moisés Varela: “Estive na comemoração dos 50 anos da igreja. Na época tinha 09 anos de idade. Deus me livrou várias vezes da morte, e hoje posso participar da abertura do centenário. É uma vitória da igreja e de Deus em Pernambuco.”


Irmã Wilma Jacinto da área 34: “participar da abertura do centenário mostra o quando Deus tem sido fiel comigo e com a igreja em Pernambuco.”

Irmã Wilma Jacinto, à esquerda, da área 34, e irmã
Azenate Basílio, professora e secretária
da Esteadeb.
Azenate Basílio da área 09: "a abertura do centenário representa um marco na história das Assembleias de Deus em Pernambuco, pois mostra que é uma obra séria e de compromisso com Deus e Sua Palavra.”

Para Kelly Basílio Alves, o centenário "é a coroação de um trabalho que começou há muito tempo, com Joel e Signe Carlson. Poder viver esse momento é um privilégio muito grande. Para seu esposo, André Alves,  "emoção resume o que sentimos no evento da abertura do centenário." De acordo com Alves, "a igreja em Pernambuco segue firme e vitoriosa até Jesus voltar."

Andre e Kely, sua esposa.
Para Izabel Varela, da Vila Mauriceia, foi um privilégio fazer parte deste momento que ficará marcado na história das Assembleias de Deus. "Nessa igreja aprendi a servir ao Senhor e nela cresci vendo os milagre e os cuidados de Deus. Não tenho palavras para agradecer ao Senhor por participar da abertura do centenário. Foi muito lindo tudo que vi e vivi. A presença de Deus foi tremenda", disse Isabel Varela.




Izabel Varela, à esquerda, com sua irmã Ádina
Varela, à direita. Ambas congregam
na Vila Mauriceia, área 09, e
participaram ativamente do
grande coral. 
"INDESCRITÍVEL. ESTOU SEM PALAVRAS".  Este foi o depoimento de Rayanne Evelyn Pereira de Santana, da Filial da Assembleia de Deus em Tamandaré. "Nunca vi um evento tão lindo e organizado como este de nossa igreja", disse Rayane. Para ela, "onde há colaboração e trabalho em equipe, há um grande crescimento e é muito prazeroso de ver o crescimento da nossa igreja e a propagação da verdade que é Jesus."

 Quem também elogiou o evento foi a jovem Suzane Varela, da Vila Mauriceia: "foi um momento ansiado por todos da Assembleia de Deus em Pernambuco. Durante os ensaios já sentimos a presença de Deus de forma especial, e no grande dia não foi diferente! Foi momento de confraternizar novas amizades com irmãos de outros corais. O cansaço foi grande, dificuldades existiram, mas a glória de Deus que a alegria que desfrutamos no coração fez valer tudo à pena."


Suzane Varela, da Vila Mauriceia e participante
do grande coral.
AS FOTOS FALAM
Há milhares de fotos da abertura do Centenário da Assembleia de Deus em Pernambuco. Seguem, abaixo, algumas que comprovam tudo o que foi dito acima. 

PÚBLICO CHEGANDO - 13:00 HS
Cada ônibus teve um líder, e o público seguiu para o estádio em fila indiana. 









A ORGANIZAÇÃO
Cada um dos mais de 50.000 presentes ao estádio receberam, em suas igrejas, pulseiras que indicavam a ala que deveriam ficar e o portão pelo qual deveriam entram no estádio. Receberam, também, etiquetas que indicavam o número do assento. 






DO PRIMEIRO CRENTE ATÉ OS MAIS DE 50.000

A Assembleia de Deus em Pernambuco tem mais de 1.000.000 (um milhão de membros). Só em Recife são mais de 300.000 (trezentos mil) membros, fora os congregados. Os mais de 50.000 crentes presentes na Arena Pernambuco representam uma fração da nação assembleiana. 







































Grande coral formado por 2.000 vozes.






Celulares ligados, filmando a abertura, momento em que as
luzes do estádio foram apagadas.


4.000 jovens formaram o painel humano da bandeira de Pernambuco.



Pastor Joel Freire, presidente das Assembleias de Deus,
Ministério Belém, nos Estados Unidos, pregou sobre
a herança de Abraão que beneficia os cristãos, hoje. 
















Por João Moreno S. Filho.
Evangelista, professor, jornalista e psicopedagogo.
Convite para palestras, seminários através dos contatos abaixo:

Zap (19) 9 8870-0405.
E-mail: jmorenofilho@yahoo.com.br

QUERO COMPRAR O LIVRO DECIFRANDO OS CÓDIGOS DO MAL

Código para o site