quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

VITÓRIA 1 - CONFIRMADO: O PLC/122 JÁ FOI SEPULTADO. SAIBA COMO...

Projeto que criminaliza homofobia vai tramitar em conjunto com novo Código Penal

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (17), com 29 votos favoráveis, 12 contrários e 2 abstenções, requerimento do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) para que o projeto que criminaliza a discriminação de homossexuais (PLC 122/2006) seja apensado ao projeto de reforma do Código Penal (PLS 236/2012).



COMENTÁRIO: Apensados ao projeto de reforma do Código Penal, estão dezenas de projetos de leis, isso quer dizer que o PLC 122 não existe mais, depende, agora, das discussões do PLS 236/2012.

VEJA MAIS
O senador Eduardo Lopes destacou que o Código Penal já engloba o assunto ao tipificar a intolerância, o racismo e todo tipo de violência. O senador explicou que, por tratarem de assuntos correlatos, não há sentido para que as propostas tramitem separadamente. Em apoio a Eduardo Lopes, o senador Magno Malta (PR-ES) disse que a criminalização da homofobia depende da tipificação desse crime no Código Penal, o que justifica o apensamento.
Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Paulo Paim (PT-RS) se manifestaram contrários ao requerimento por acreditarem que a tramitação conjunta enfraquecerá o debate da criminalização da homofobia.

COMENTÁRIO: Está claro que os objetivos dos SENADORES DO PT, eram mesmo favorecer a comunidade gay com uma lei especial para eles. Isso deixa claro que a retirada do termo “homofobia” do projeto foi “para inglês vê”.

Paulo Paim disse que o requerimento perdeu o seu objeto, já que a comissão especial de senadores criada para examinar o PLS 236/236 já aprovou, nesta terça-feira (17), o relatório final elaborado pelo senador Pedro Taques. Para ele, a melhor saída seria a Comissão de Direitos Humanos (CDH) votar o PLC 122/2006 e a próxima comissão a analisar a matéria conforme a determinação inicial, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), decidir sobre a tramitação conjunta ou separada das propostas.
Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
Este texto foi retirado, literalmente, Agência Senado, com as devidas autorizações e foi acrescido de alguns comentários meus.

É HORA DE CELEBRAR!
Durante anos, a bancada do PT, lutou para aprovar a PLC/122. No texto original, ficaria proibido pregar contra o homossexualismo, inclusive nas igrejas. Por pressão dos evangélicos de todo o país, o Senador Paulo Paim, do PT, “amenizou”, e livrou os templos evangélicos e os locais de culto das sanções da Lei. Porém ficaria difícil falar contra a prática homossexual nas ruas, nas praças, ou seja, OS CRISTÃOS SERIAM MANTIDOS REFÉNS EM SEUS GUETOS RELIGIOSOS. SERIA UM COMUNISMO NO BRASIL, DESEJO DE MUITOS DO PT.
Ajudaram nessa vitória,no Senado, o senador Magno Malta, O Deputado Federal Pastor Paulo Freire e a psicóloga cristã Marisa Lobo, e a luta incessante do pastor Silas Malafaia.

Marisa Lobo que é perseguida pelo conselho regional de psicologia, consegue colaborar com suas posições psicológicas e cristãs que gays não podem ser tratados diferentes na sociedade. 
Se o PLC/122 tivesse sido aprovado, eu poderia ser
preso por me manifestar, neste blog,
contra a prática homossexual.
GRAÇAS A DEUS QUE O PT
NÃO CONSEGUIU SEUS
INTENTOS.
Agora podemos respirar aliviados, pelo menos por enquanto, até O PT REAGIR, OU MELHOR, SE A DILMA FOR REELEITA, O QUE EU NÃO DESEJO, APÓS A ELEIÇÃO, O PT PODERÁ MOSTRAR, NOVAMENTE, SEUS REAIS INTENTOS.  










Deixo, aqui, um recado  para o PT e para os seus eleitores: Em 1964 a ameaça comunista foi derrotada. Muitos de vocês querem trazer de volta a sombra comunista que tem como PRINCIPAL FOCO:SUFOCAR A LIBERDADE DE CRENÇA E DE EXPRESSÃO. Porém, enquanto houver brasileiro amante da democracia, defenderemos o verde e amarelo da nossa bandeira, e jamais abraçaremos o vermelho do comunismo. 
João Moreno de Souza Filho.
Professor, Ministro do Evangelho, 
Pernambucano, Brasileiro. 

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

"PT CONTRA A FAMÍLIA", DIRÃO BRASILEIROS, AMANTES DA FAMÍLIA, AMANHÃ, NO SENADO

Cristãos, amantes da família, estão sendo incentivados a irem, amanhã, à COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA do Senado com faixas contendo os seguintes dizeres:

* Dilma, não apoie a destruição da família!
* Dilma, não à política de gênero
* PT contra a família
* A família é homem, mulher e filhos, NÃO gênero
* Gênero é suicido social
* Abaixo o PT e o gênero

A razão disso é que amanhã, às 8:30. Haverá a votação do PLC 122, QUE PRETENDE TIRAR LIBERDADES DOS CRISTÃOS E DÁ MAIS LIBERTADES AOS ATIVISTAS GAYS.

Este projeto gaysista, pretende dar aos cristãos e amantes da família, o direito de defenderem o casamento entre o homem e uma mulher nos templos evangélicos e católicos, somente em locais de reuniões religiosas. E EM OUTROS LUGARES?

O PLC 122 é um dos projeto de políticos do PT
que pretende dar liberdade total ao ensino
do homossexualismo em escolas públicas.
SERÁ ESTE O OBJETIVO DA ESCOLA?
O objetivo é enfraquecer as igrejas,
a família tradicional e criar
um reinado só de gays
liderando
nossa
nação. 

Se o projeto for aprovado, não poderemos defender o casamento milenar e heterossexual nas praças, nos ônibus, nas escolas. E OS GAYS?

Bem, eles terão todo o direito de defender suas práticas imorais, nojentas, em qualquer lugar do Brasil. ELES SERÃO MAIS BRASILEIROS DO QUE NÓS.
Para impedir isso, ligue, hoje, AGORA, PARA O “ALÔ SENADO”

 Quando telefonar,  “peça a não aprovação do PLC  122. aproveite e peça a remoção total os termos “orientação sexual” e “gênero” do PLC 103/2012, que trata do PNE (Plano Nacional de Educação). A meta de imposição de “orientação sexual” e “gênero,” igualmente visada pelo PLC 122 e pelo PLC 103/2012, forçará a sociedade a valorizar e defender aberrações sexuais e a marginalizar o casamento tradicional. Além disso, se “orientação sexual” e “gênero” não forem removidos do PLC 103/2012, as crianças do Brasil serão obrigadas a respeitar, assimilar e valorizar as aberrações sexuais, por mandamento do Ministério da Educação. Para entender a ameaça de “gênero,” consulte este link: http://bit.ly/IoUXo1

É preciso ligar e se cadastrar:


0800 61 22 11

Projeto da ditadura gay será votado quarta-feira, dia 11. Disque gratuitamente 0800 61 22 11 para se manifestar
Se desejar mandar um e-mail para OS SENADORES DA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA, seguem, abaixo, os e-mails.

Na mensgem peça  a não aprovação do PL 122 e a  remoção total dos termos “orientação sexual” e “gênero” do PLC 103/2012, que trata do PNE (Plano Nacional de Educação)

“Se o PLC 122 é sobre agressão e assassinato, qual o motivo de sua existência? O Código Penal já não é suficiente para tratar desses crimes?
Se os amantes do casamento heterossexual
forem proibidos de defender seus ensinos
sobre sexo, casamento, em público, e por outro
lado, se os gays tiverem a liberdade de
defenderem seus pensamentos imorais
em qualquer lugar do Brasil,
teremos o comunismo no Brasil,
em pleno regime democrático.
Teremos uma China
no Brasil, só
que governada
pelo PT.
Que Deus
livre o
Brasil
do PT. 
Se o PLC 122 é sobre agressão e assassinato, por que proibir a população do Brasil de defender o casamento publicamente?

Paim e o PT estão desesperados para aprovar o PLC 122 neste ano. Com a pressão da população se mobilizando em massa e congestionando o telefone gratuito do Senado (0800 61 22 11), o senador petista já tinha se reunido dia 3, conforme a Rádio Senado, com lideranças gays e religiosas, para modificar o PLC 122.

Antes, o texto do petista estipulava penas para quem impedisse ou restringisse a manifestação de “afetividade” de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público, “resguardado o respeito devido aos espaços religiosos”.
Esses espaços são os “templos religiosos.” Para aumentar sua colher de chá para as vítimas da tirania, o petista, em entrevista à Rádio Senado, disse que está mudando “templos religiosos” para “eventos religiosos,” para que cristãos e outros tenham liberdade de defender o casamento como somente entre um homem e uma mulher não apenas dentro de seus templos, mas também em estádios e outros lugares em que eles se reunirem para eventos.”

LEIA O QUE O SENADOR PAIM, DO PT, DISSE À REVISTA CAPA SOBRE O PL 122.
“Dentro dos cultos religiosos, temos que respeitar a livre opinião que tem cada um. Por exemplo, você não pode condenar alguém por, num templo religioso, ter dito que o casamento só deve ser entre homem e mulher. É uma opinião que tem que ser respeitada.”

Dentro dos templos? E fora deles? OS CRISTÃOS, NO BRASIL, SÓ TERÃO LIBERDADE DE PENSAMENTO E EXPRESSÃO DENTRO DE QUATRO PAREDES? POR ACASO O BRASIL NÃO PERTENCE A ELES, TAMBÉM?

Vemos, aqui, o VIRUS COMUNISTA do PT, que luta para acabar com toda e qualquer liberdade de expressão.

VEJA, ABAIXO, UM E-MAIL, ENVIADO PARA TODOS OS SENADORES DA COMISSÃO CITADA ACIMA:
De: Eliézer Mello [mailto:eliezermelllo]
Enviada em: segunda-feira, 9 de dezembro de 2013 11:46
Para: Eduardo Benedito Lopes; Gab. Sen. Gim Argello; Sen. João Alberto Rodrigues Capiberibe; Sen. Joao Durval; Sen. João Vicente Claudino; Sen. Lidice da Mata e Souza; Sen. Magno Malta; Sen. Osvaldo Sobrinho; Sen. Paulo Davim; Sen. Paulo Paim; Sen. Ricardo Ferraço; Sen. Roberto Requião; Sen. Sérgio Petecão; Sen. Sérgio Souza; Sen. Wilder Pedro de Morais
Assunto: PLC122
O novo PLC 122 deveria deixar claro que os ativistas gays só poderão defender o sexo fecal, o “casamento” gay e suas práticas nojentas DENTRO dos bares e boates gays, sendo punida qualquer manifestação fora desses ambientes.
Perguntem agora a esses ativistas se eles aceitariam tal mudança de Paim.
Perguntem se eles concordam em defender seus atos nojentos somente dentro de seus espaços nojentos.
Não? Então, se eles querem o direito e a liberdade de defender insanidades publicamente, por que nós deveríamos aceitar sermos confinados a guetos, sob penas pesadas, para defender o casamento tradicional?
Por que deveríamos aceitar ameaças ao nosso direito de proteger as crianças da anormalidade óbvia dos atos homossexuais?
Por que deveríamos aceitar ameaças ao nosso direito de proteger as crianças da ameaça óbvia da agenda de gênero?
Se nem os supremacistas gays aceitam guetos, por que deveríamos aceitar?
Se eles não aceitam ficar calados e preferem elogiar o sexo fecal publicamente, por que deveríamos ficar calados enquanto querem nos impedir de defender publicamente o casamento apenas como entre homem e mulher?
Eleger socialistas resulta em sofrimento para a população. Com a eleição deles ganhamos políticos que gastam nosso tempo e nosso dinheiro para destruir a família, enquanto gastamos mais de nosso tempo e nosso dinheiro para nos defender dos políticos que elegemos e de seus projetos absurdos e insanos.
Que Deus livre o Brasil desses políticos!

CONCLUO DIZENDO QUE NUNCA VI UM PARTIDO TÃO LIBERAL, QUE DESEJA PISAR SOBRE TUDO O QUE É CRISTÃO, COMO O PT. POR ISSO NUNCA VOTO PT. QUE OS BRASILEIROS E OS EVANGÉLICOS SE DESPERTEM, SENÃO TEREMOS UMA CHINA NO BRASIL, SÓ QUE GOVERNADA PELO PT. 

Com informações do blog de JULIO SEVERO.
Veja a matéria completa em:

QUERO COMPRAR O LIVRO DECIFRANDO OS CÓDIGOS DO MAL

Código para o site